As atividades extraclasses – Um complemento no ensino-aprendizagem

É importante que a criança seja estimulada desde cedo nas diversas formas de se desenvolver, pois cada uma tem uma maneira diferente de aprender, sendo assim, é interessante observar as habilidades e trabalhar de forma ampla e dinâmica.
Dessa forma, o Centro Educacional Müller proporciona aulas extraclasses, como: Capoeira, Educação Física, Xadrez, Culinária, Inglês, Ballet e Música, introduzindo conteúdos necessários para o desenvolvimento das crianças de forma diversificada onde a prática pedagógica atenda as diversas áreas do saber.

Em nossa instituição de ensino, o professor pode explorar as atividades extraclasses dentro e fora do espaço escolar, e assim, incluir todo o conhecimento que gira em torno do aluno, proporcionando momentos ricos de aprendizagens e valorizando diversas habilidades.


• Capoeira

A criança que pratica Capoeira aprende não apenas a jogar como também a cantar e a tocar. O jogo de Capoeira também aprimora o controle emocional, estimulando a observação e a defesa, quando necessária, ao contrário de incentivar a agressividade e a violência. É uma ótima ferramenta para a formação moral, física e cognitiva.
Recomendado para alunos de 3 a 11 anos, o jogo de Capoeira ajuda de inúmeras maneiras o desenvolvimento tanto de meninos quanto de meninas.


• Educação Física:

A Educação Física aborda diversos temas e não somente o esporte, além disso, a visão e objetivo da Educação
Física mudou, hoje podemos definir que o objetivo da Educação Física é auxiliar o aluno no seu desenvolvimento físico, social e cognitivo.
Abordando os benefícios físicos que a Educação Física Escolar proporciona, podemos destacar o controle do peso corporal, melhora da capacidade cardiorrespiratória, mais força e resistência muscular e aumento da densidade óssea.
Mas além dos benefícios físicos, temos os benefícios sociais. Através da Educação Física Escolar os alunos aprendem a melhorar o convívio com os colegas da sala, respeitando-os, levando esse respeito com os semelhantes para toda a vida. Assim como também os benefícios cognitivos onde os alunos melhoram a capacidade de atenção, concentração, tempo de reação e raciocínio lógico, pois quando o jovem pratica alguma atividade física ele não trabalha apenas o corpo, mas também a mente.


• Xadrez:

O xadrez é um jogo de estímulos e respostas para problemas, desenvolvendo assim a capacidade cognitiva do jogador. Pedagogicamente, o xadrez faz parte do currículo escolar básico de dezenas de países. Vários projetos oficiais apontam melhoras significativas sobre alguns aspectos, tais como: memória, imaginação, concentração e inteligência. Mas não são somente as habilidades mentais que melhoram com o desenvolvimento do jogo, outras habilidades, como: perseverança, capacidade de estudo, autoconhecimento, organização pessoal, motivação e ambição, dentre outros. Todo esse processo faz parte da “construção do indivíduo” e, como jogo, o xadrez pode ser uma forte ferramenta para facilitar esse caminho.


• Culinária:

Para alguns cozinhar é diversão, para outros é dever, mas para os alunos da educação infantil lidar com a comida pode significar as duas coisas. As aulas de culinária, que mais parecem um momento de brincadeira são, na verdade, uma hora de muita concentração e aprendizagem. Mais do que vivenciar a prática culinária por meio de atividades, as aulas de Culinária visam a conscientizar os alunos e toda comunidade escolar sobre a importância de uma boa alimentação, como fundamento de uma vida saudável, conseguindo com que sejam cidadãos responsáveis pela melhoria da sua situação de vida e tenham condições para alto desempenho e sucesso profissional.

 

 

 

 

 

 

 

 


• Inglês:

O inglês está em todo lugar. No nome de lojas e de produtos, nas músicas que tocam nas rádios, nos programas que assistimos na televisão e, claro, na internet… E isso não acontece só no Brasil. O mundo atual, ou pelo menos o mundo ocidental, está conectado por meio da língua inglesa e saber se comunicar nesse idioma pode ser decisivo para a vida profissional – e até pessoal – de seu filho no futuro. O inglês assumiu uma importância enorme. Tornou-se a língua de referência para a comunicação, tanto para negócios, quanto para lazer. A aprendizagem de outra língua ajuda a desenvolver a criatividade e o raciocínio, melhora a concentração e as habilidades de memória. Um dos privilégios do aluno é a possibilidade de ter contato com outras culturas e se comunicar com indivíduos que não falam a sua língua.


• Ballet:

A dança é uma forma de expressão corporal e é fundamental para o ser humano, fazendo com que aperfeiçoe a coordenação motora, trazendo ao cotidiano uma grande paz de espírito e quando efetuada em grupo proporciona a convivência social saudável. Dançar causa uma sensação de alívio, de bem estar, de alegria. Cada movimento transporta novas sensações, novo estado de espírito e pode determinar a facilidade com que transpomos certos obstáculos. Os benefícios da dança para as crianças são inúmeros, dentre eles: correção de problemas posturais, joelhos para dentro, pés chatos, desenvolvimento da capacidade cardiorrespiratória, ajuda a garantir a independência funcional do indivíduo através da manutenção da sua força muscular, principalmente de sustentação de equilíbrio, potência aeróbica, movimentos corporais totais e mudanças do estilo de vida.

 

 


• Música:

A música contribui para a formação integral do indivíduo, reverencia os valores culturais, difunde o senso estético, promove a sociabilidade e a expressividade, introduz o sentido de parceria e cooperação, e auxilia o desenvolvimento motor, pois trabalha com a sincronia de movimentos. O trabalho com música desenvolve as habilidades físico-sinestésica, espacial, lógico-matemática, verbal e musical. Por meio da música, a criança expressa emoções que não consegue expressar com palavras. A música fez bem para a autoestima do estudante, já que alimenta a criação.